André Sarria

Os certificados e papéis dizem que eu sou cientista, mas prefiro ser mais um "escutador" da natureza do que cientista. A natureza fala e eu a traduzo em linguagem de gente. Nasci em Cajobi e trabalhei em Londres como Pesquisador no Rothamsted Research. Atualmente moro em Madrid onde sou Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento em uma empresa Europeia de agricultura.

E se deixássemos de comer carne?

Foto Creative commons

Eu gosto muito de carne, principalmente vermelha. Quando me mudei para a Inglaterra tive que reduzir bastante o consumo dela, não por optar por um outro estilo de vida, mas porque, financeiramente dizendo, pagar aqui quase 120 reais o quilo de carne de boi não é nada atrativo. Por conta disso, passei a comer mais legumes e vegetais e, variando bastante no cardápio, hoje consegui reduzir bastante o consume de carne vermelha. Não me tornei um vegetariano, estou bem longe de ser um, mas posso dizer que, com um pouco de criatividade, não é tão difícil viver sem um bom bife. Não é de hoje que o consumo de carne vem sendo considerado um dos fatores prejudiciais ao meio ambiente estando diretamente envolvido com emissões de carbono e outros gases responsáveis pelo efeito estufa. Mas, de que maneira eu, comendo …

Leia Mais »

O que você tem na cabeça para ouvir isso?

(Foto StockSnap_Creativecommons)

Quando eu era adolescente, eu gostava muito de ouvir Velhas Virgens e, sob o trecho de uma de suas mais famosas músicas “Abre essas pernas pra mim, baby, Tô cansado de esperar”, minha mãe me dizia indignada: “O que você tem na cabeça para ouvir isso?”. Hoje, alguns anos depois, diante de trechos como “A novinha fica de quatro que eu vou te tacar o peru”, sou bem capaz de dizer o mesmo: “Mas, o que fulano tem na cabeça para ouvir isso?”. A música é um constituinte integral no dia a dia de qualquer pessoa. Ouvimos músicas por vários propósitos, como o emocional, ou para expressar nossa própria identidade. Música atrai fortemente as pessoas devido a sua força em induzir estados prazerosos e constitui parte integrante da vida humana ao longo de sua história evolutiva. Muitos pesquisadores defendem que …

Leia Mais »

Pássaros do fogo

(Foto Ylvers_CreativeCommons)

“Bombeiros e voluntários levaram horas para controlar aquele incêndio, o trabalho estava cada vez mais difícil, pois, estranhamente, novos focos começavam e, ao se controlar um, outro mais aparecia. Era estranho, pois o incêndio não crescia como se levado pelo vento numa única onda de fogo e destruição, mas eram pontos isolados um dos outros. Os focos brotavam num local e depois em outro. Ninguém sabia ao certo como isso acontecia, era uma região bastante afastada e ninguém vivia por ali. Muitos pensavam serem causados por pequenos agricultores, incendiando para obter terras aráveis, mas não encontraram nenhuma prova disso. Os bombeiros estavam convencidos de que os incêndios eram intencionais, foram causados por alguém e por algum motivo, mas quem? Os únicos habitantes daquela região eram pequenos animais roedores e falcões, mas que maluco, em sã consciência, poderia supor que eles …

Leia Mais »

Minimotores de espermatozoides

(Foto cretivecommons)

Um dos tratamentos contra o câncer envolve a quimioterapia, um coquetel de medicamentos que é destinado a matar células de rápido crescimento. O problema é que as drogas utilizadas ali atacam além das células tumorais também as células saudáveis e, por conta disso, os efeitos adversos da quimioterapia são terríveis. Um tratamento perfeito seria fazer com que os medicamentos utilizados na quimioterapia atacassem somente as células cancerígenas e deixassem de lado as células boas. O ideal seria uma maneira que levasse o medicamento diretamente para a causa da doença, como pequenos entregadores biológicos treinados para atingir somente o câncer. Para deixar uma imagem mais clara, imaginem mototaxistas levando uma encomenda ao destino; eles vão cruzando os carros, evitando tráfego, buscando atalhos e, ao final, a entrega da encomenda no endereço correto. Mas, como encontrar nano entregadores capazes de fazer esse serviço? Que tal espermatozoides? Pesquisadores alemães desenvolveram um método que utiliza espermatozoides para fazer …

Leia Mais »

Pecaris e a dor do luto

(Foto creative commons)

Naquele dia de janeiro, o garotinho Dante de Kort, de 8 anos de idade, faria uma descoberta científica que acrescentaria mais conhecimento sobre comportamento animal. Será que animais sofrem pela morte de um de seus membros? Da janela de sua casa, ele viu um grupo daquilo que parecia porcos selvagens se comportando de uma maneira curiosa. Como ele tinha de apresentar um trabalho numa feira científica de seu colégio, achou que observar um pouco mais a fundo o que estava acontecendo ali lhe garantiria algo. Deixou uma câmera de movimento gravando aquilo. Uma fêmea parecia estar bastante doente, e os demais animais ficavam ali ao seu redor. Os animais do gênero Pecari andam em bandos e possuem diversos comportamentos sociais como cuidados do grupo e castas. São conhecidos como cateto, caititu e, apesar de serem parecidos com os javalis, não …

Leia Mais »

O que é ser humano?

Foto Hernán Piñera_Human rights without (creativecommons)

“Aceitar a ideia de que somos uma máquina biológica pode nos levar a um caminho bem perigoso.”   O que é ser humano? Talvez esta seja a questão mais filosófica e antiga que existe desde a aurora da humanidade. Hoje existem três grandes e influentes definições. A primeira é a visão teológica do cristianismo de que o ser humano é feito à imagem e semelhança de Deus. A segunda é uma posição mais filosófica e define o ser humano como possuidor de uma consciência própria e racional. Finalmente, existe o ponto de vista biológico pelo qual o ser humano é definido e diferenciado dos outros animais pelo seu DNA. Este debate vai além de discussão acadêmica ou de mesas de bares. Acadêmicos, de longe, vêm argumentando que essas três definições são muito importantes no mundo real, pois influenciam como as pessoas tratam seus semelhantes. Defensores de cada uma dizem que se escolhermos a definição “errada” …

Leia Mais »

Estamos ficando burros?

Discussão na Internet: nível caiu muito, mostra estudo (Foto Creative Commons)

É inegável que as redes sociais tenham dado voz a muita gente. O escritor Umberto Eco disse uma vez que a internet deu voz aos imbecis, mas penso que este direito me parece bastante democrático e importante. Sendo assim, todos podemos contribuir com ideias e opiniões e, juntos, podemos fazer uma sociedade mais justa e crescer em conhecimentos e tecnologia, certo? Bem, deveria, mas não é isso o que vemos, tamanha é a quantidade de discursos de ódio que brotam diariamente das redes sociais. Dizem que, quando Donald Trump se tornou um forte candidato a se tornar o presidente dos Estados Unidos, palavras de racismo se tornaram bastante aceitáveis pelas pessoas; no Brasil, com o avanço da popularidade de alguns candidatos e organizações, ao que parece, a situação é bastante parecida. Pesquisadores mostraram que, quando as pessoas são expostas a …

Leia Mais »

Assunto de homem

Crédito: Reprodução

“A clínica chamara, eu deveria entregar a amostra para ser congelada no dia seguinte às dez da manhã em ponto. Fui às oito, queria ter tempo de sobra para entregar o material. Recebi as orientações de uma enfermeira que dizia que eu deveria lavar muito bem as mãos, que não usasse nenhum tipo de gel ou saliva, ouvia tudo de cabeça baixa como a um garoto ouvindo o sermão de uma mãe irritada com as suas travessuras, era vergonha, arrependimento e ansiedade. Entrei na sala, segurando um potinho de tampa vermelha que ela me entregara. Diante de tantas tecnologias médicas, a coleta de sêmen é feita sem nenhum equipamento especial nem especialista, tudo é feito, MANUALMENTE, se é que vocês me entendem… A sala não tinha mais que dois metros quadrados. Num canto uma cadeira azul; ao lado, uma mesinha …

Leia Mais »

Um longo caminho pela frente

(Foto Arquivo Pessoal)

Um grande problema para quem estuda ciências relacionadas com alimentação e nutrição é que, para desenhar experimentos que nos forneçam dados acurados sobre efeitos de uma dieta no organismo, é bastante complicado.  Muitos experimentos são bastante básicos para nos dizerem algo, muitos são realizados em placas de Petri e em animais. Infelizmente, o corpo humano é, de longe, mais complexo, e muitos estudos realizados são bastante duvidosos. Muitos efeitos somente são observados após um longo período de tempo e, para obter resultados rápidos, trabalha-se com suposições baseadas em resultados obtidos em tecido celular ou em ratos. Por isso, são bem poucas as descobertas baseadas em uma situação mais voltada à vida real, feita com pessoas e que abrangem longos períodos de tempo como, por exemplo, os efeitos da ingestão de algum alimento ao longo dos anos. Uma questão que, até …

Leia Mais »

Cheiro de medo

Cachorro detecta medo ou felicidade? (Foto Creative Commons )

Meu tio Nelson gostava muito de cachorros. Ele não chegou a ter mais de vinte como costumava ter o senhor Pedrinho (http://asn.blog.br/2017/03/23/o-que-os-cachorros-de-seu-pedrinho-nos-ensinam-sobre-cooperacao/), mas não me lembro de tê-lo visto um dia sequer sem estar com algum cachorro em seu colo. Sua última companheira foi uma cadelinha chamada Suzi, ela seria uma charmosa salsichinha se seus avós não tivessem sangue de mil vira-latas. Suzi era quieta e medrosa, acho que foi a cachorra mais covarde que conheci, talvez por causa disso ela nunca se separava do meu tio, que lhe dava muito carinho. Infelizmente, meu tio teve um derrame que o deixou bastante debilitado e ele ficou com muita dificuldade para caminhar e falar. Muitas vezes, eram apenas resmungos intraduzíveis. Meu tio caminhava se escorando nas paredes, e isso era bastante difícil para ele. Às vezes, ele tinha medo de cair …

Leia Mais »