Artigos Recentes

Crédito: Pexels

A volta do meu poeta cego e insano

Já contei aqui que, na cidade alternativa que habitei um dia, tinha sempre um poeta cego e insano plantado nas trêmulas esquinas pelas quais eu passava, com meu cortejo de fantasmas sedentos de sei lá o que. Ele adivinhava os meus passos e se teleportava para os pontos de encontro. Sempre com um poema na ponta da alma. Houve uma vez que o poema se chamou Anotações de emergência ao pé do semáforo. Era assim:   Imóvel à porta do meu paraíso interditado. Telepatias cessam cancelo o mundo. Madrugada avenida.   Anotações de emergência ao pé do semáforo.   Luz vermelha tecendo o homem impossível vertical no asfalto.   Os minúsculos pássaros cinzas que perturbam a substância dos neons têm asas lentas demais para não acabar no fio de água que corta a avenida e vai dar no sono mineral …

Leia Mais »
Mediamodifier Public Domain

Por que é tão difícil perder peso?

Minhas tias são muito adeptas de todo e qualquer tipo de dietas para perder peso. Elas vivem trocando receitas sobre as mais poderosas dietas, encontradas em revistas de fofocas ou em posts de Facebook. Algumas dessas são bizarras e outras um tanto quanto exóticas, como a dieta do alfabeto pela qual se deve, religiosamente, comer alimentos cujos nomes começam com a primeira letra do alfabeto e segue-se progressivamente até após 23 dias, quando se cumpre a promessa de perder 10 quilos. Nem imagino o que elas comeram com a letra Z… Não é preciso dizer que regimes alimentares e dietas devem ser feitos sob o acompanhamento de profissionais da área: médicos, nutrólogos, nutricionistas e demais especialistas são os únicos qualificados para propor uma dieta alimentar e um programa de bem-estar, pois, para perder peso, não é simplesmente deixar de comer, …

Leia Mais »
01_Jaqueline_1400_Destacada

histórias e palavras

histórias e palavras jaqueline fernandes – por exemplo, paciência. dentro de paciência tem por favor. quem deseja paciência, pede por favor. você conhece alguma palavra com a letra a? – alexia. – amor, amanteigado. imagina você, menina de amor, cheia de manteiga… c é do que mesmo? – cavalo. – um cavalo paciente deve ser lindo… depois, quase no meio da paciência, aparece o i. você conhece alguma? – ilha. – nossa! ilha é o pedaço de terra mais paciente que conheço, fica lá, sozinha no mar, esperando alguma coisa acontecer, sem sair do lugar e sem se atormentar por isso… amanhã a gente termina. agora dorme! – mãe, fumaça é igual neblina. não deixa vê, mas a gente atravessa.   …   no inesperado da trama palavra ainda leite pronuncia um ponto da linha   …   – era …

Leia Mais »
Crédito: Shutterstock

Gran Circus

“Rrrespeitááável público!” “Mestre” Ângelo quase tinha um orgasmo quando tonitruava o bordão para a plateia magnetizada do Gran Circus Exoticus, na verdade, provavelmente o último freak show ainda circulante no mundo. Claro que entidades de defesa dos seres excepcionais tentaram que tentaram embargar a iniciativa, porém nunca conseguiam nada, porque os próprios protagonistas depunham que eram voluntários e até recebiam salários regulares (mixaria, porém regulares). E o pior: a última reforma das leis trabalhistas perpetrada pelo governo dava respaldo àquilo, ignorando solenemente os argumentos de que se trataria de exploração indigna de humanos diferenciados; ora, se as próprias ditas vítimas não se opunham e até classificavam sua participação no elenco “exótico” como “meio de vida”, fazer-se o quê, né? No entanto, “mestre” Ângelo já estava impaciente: seu ah… fornecedor já esperava ao volante da van na qual os protagonistas da …

Leia Mais »
Skeeze (Domínio Público)

Lázaro e os ursos comedores de ovos

A praga ressuscitou, estivera congelada por quase 80 anos, sua última vítima fora um cervo. Ao ser enterrado, levou, dentro de si, a praga que ficaria ali morta junto com sua vítima. Todos pensaram que finalmente era o seu fim, que estava morta, mas estavam todos enganados. Num dia qualquer, silenciosamente, ela acordou de seu sono e, como tal era de sua natureza, todos morriam lentamente de seu ataque. Ela não escolhia suas vítimas, morriam animais e humanos. Estavam todos condenados, e a causa, inevitavelmente, foi culpa nossa. Apesar de parecer história de terror, realmente esse episódio aconteceu em 2016 na Sibéria. A praga em questão é a super bactéria Bacillus anthracis, causadora da doença conhecida como antraz, uma doença capaz de matar em poucos dias se não for tratada, pois ela, em sua forma virulenta, é altamente contagiosa e …

Leia Mais »